Transplante de Coração


Uma das maiores preocupações no transplante cardíaco é a baixa tolerância do músculo cardíaco a períodos prolongados de isquemia fria. A escolha da solução de preservação ideal é importante, pois vai garantir uma conservação segura do órgão até o transplante. A alta eficiência de Custodiol Solução HTK em impedir a acidose induzida pela isquemia permite uma melhor recuperação da função cardíaca, após a conservação. Custodiol Solução HTK atenua os danos causados na preservação não só no miocárdio, mas também nas veias e artérias envolvidas. Estudos clínicos (Vide Biblioteca) demonstram que o Custodiol Solução HTK garante:

  • Alto índice de retorno espontâneo ao ritmo sinusal.
  • Rápido retorno de batimentos coordenados.
  • Minimizada necrose celular.
  • Menor depleção dos estoques de ATP e de oxigênio.
  • Elevado efeito protetor do miocárdio.
  • Melhor recuperação da função do miocárdio.
  • Diminuição das arritmias e do tempo de permanência nas unidades de tratamento intensivo


  1. Composição

As apresentações de CUSTODIOL® Solução HTK disponíveis no Brasil são bolsas plásticas de 1000mL e 2000mL e frascos de vidro de 500 mL.

  1. Medicina baseada em evidências

Estudos relatam o uso de CUSTODIOL® Solução HTK na preservação de corações em transplantes, e mostram ótimas taxas de sobrevida. (SCHÜTT, 1998; VEGA, 2001)

SCHÜTT, 1998, relata a experiência do Heart Center NRW, em Bad Oyenhausem, Alemanha, e mostra uma taxa de sobrevida de 91,3% em transplantes de coração e coração-pulmão utilizando CUSTODIOL® Solução HTK. Dos pacientes que não resistiram, apenas 8 (1% do total) a morte foi devido a falência primária do enxerto.

Em outro estudo foi analisada a relação do tempo de isquemia e volume do CUSTODIOL® Solução HTK, utilizado com a perda dos enxertos em transplantes de coração.

CUSTODIOL® Solução HTK apresentou resultados comparáveis de sobrevida em tempos de isquemia de 1 a 5 horas, garantindo uma ótima proteção ao miocárdio neste período. Também não houve diferença na sobrevida comparando volumes de 350 a 5000 ml de CUSTODIOL® Solução HTK. (KOERNER, 1997)

WEI, 2005, aumentou ainda mais o tempo de isquemia, realizando um transplante cardíaco com sucesso utilizando CUSTODIOL® Solução HTK na preservação do coração por 13 horas, no Cheng Hsin Rehabilitation Medical Centre, Taipei, China.

Recuperação da força de contração de músculo cardíaco humano, após 24 horas de isquemia a 4ºC e 12ºC (p=0.0001), percentual em relação ao controle.

O aumento da temperatura não afetou a recuperação no grupo CUSTODIOL® Solução HTK, embora tenha diminuído a contratilidade em EuroCollins.

A superioridade de CUSTODIOL® Solução HTK na recuperação da função miocárdica do átrio humano a temperaturas mais elevadas se deve à alta capacidade tamponante da histidina, importante em tempos prolongados de isquemia, onde não se obtém uma temperatura constante com facilidade. (HENDRY, 1993)

 

Referências

HENDRY, P.J. et al. A comparison of intracellular solutions for donor heart preservation. Journal of Thoracic and Cardiovascular Surgery, v.105, p.667-73. 1993

KOERNER, M.M. et al. Cardiac transplant survival in relation to preservation. In: G.M. Collins, J.M. Dubernard, W. Land and G.G. Persijn (eds.). Procurement, Preservation and Allocation of Vascularized Organs, p.285-291, 1997. Kiuwer Acad. Publishers.

SCHÜTT, U. et al. Organ preservation in heart and heart-lung transplantation using HTK-Bretschneider solution. The world society of Cardio-thoracic Surgeons. VIII World Congress. 1998, Houston, USA.

VEGA, J.D. et al.  A multicenter, randomized, controlled trial of Celsior for flush and Hypothermic storage of cardiac allografts. The Annals of Thoracic Surgery. v.71, p.1442-7. 2001.

WEI, J. et al.  Successful heart transplantation after 13 hours of donor heart ischemia with the use of HTK Solution: A case report. Transplantation Proceedings. v.37, p.2253-4. 2005.

  1. Propriedades

CUSTODIOL® Solução HTK contém em sua composição

BAIXA CONCENTRAÇÃO DE POTÁSSIO que minimiza o risco de arritmias cardíacas após o procedimento, permitindo a liberação de CUSTODIOL® Solução HTK na circulação do paciente.

TAMPÃO HISTIDINA/CLORETO DE HISTIDINA de elevada capacidade de tamponamento do meio extracelular, mantendo o pH em níveis adequados e promovendo excelente tolerância isquêmica.

BAIXA VISCOSIDADE, garantia de perfusão mais rápida e homogênea do órgão a ser preservado.

BAIXA CONCENTRAÇÃO DE SÓDIO E CÁLCIO A NÍVEL INTRACELULAR, que otimizam a inativação da função celular em decorrência da retirada do sódio e cálcio extracelular.

TRIPTOFANO, proteção especial às membranas e inativação de radicais livres

ALFA-CETOGLUTARATO, substrato para produção aeróbica de energia durante a indução da cardioplegia e na reperfusão do coração.

MANITOL, manutenção da osmolaridade, diminuindo drasticamente o edema celular.

CUSTODIOL® Solução HTK é perfundido como uma solução fria de forma que os efeitos da hipotermia contribuem para diminuir o índice metabólico.